segunda-feira, 16 de abril de 2012

Casos de filhos gastando centenas de dólares em compras dentro de aplicativos freemium geram ação contra Apple

exageradoA notícia foi veiculada no Mashable.com. Pouco vem sendo comentado, mas ocorre com muita frequencia de pais receberem suas contas do cartão de crédito e se assustarem com compras de algumas centenas de dólares na App Store, compras estas feitas por seus filhos via iPad ou iPhone. Pois alguns pais se reuniram em abriram uma ação na corte de San Jose, nos EUA, contra a Apple. A ação pede que algumas ações sejam tomadas para prevenir que o fato aconteça. Os pais estão vencendo a batalha em primeira instância.
O grande problema está no fato de como é feita a compra na loja da Apple. Ao comprarmos um aplicativo, precisamos fazer login e digitar nossa senha, mas se comprarmos mais alguma coisa dentro de 15 minutos, não precisamos digitar novamente a senha. Então se uma criança desavisada pegar seu iPad ou iPhone, e sua conta estiver com um cartão de crédito cadastrado, poderá lhe dar algum prejuízo.
pacote-exagerado
O grande perigo são os jogos do tipo freemium, aqueles que são gratuitos, mas que possuem muitos itens à venda dentro dos jogos, e geralmente possuem telas que pulam à nossa frente oferecendo os itens. Alguns destes jogos inclusive têm limite de uso por dia, oferecendo a possibilidade de maior uso de algo for comprado. Os pais que processaram a Apple chamam estes aplicativos de “aplicativos isca”, considerando-os mal intencionados.
O que os pais pedem exatamente é que a Apple elimine o tempo de 15 minutos para compras livres de senha na App Store, fazendo com que tenhamos que digitar a senha a cada compra, além de colocar um limite de número de pequenas compras internas a aplicativos e publicar termos de serviço mais claros, informando que compras podem ser devolvidas em caso de terem sido feitas inadvertidamente.
O juiz que analisou o caso não aceitou o pedido da Apple de eliminar o caso (não sei exatamente qual o termo coreto). Provavelmente a equipe de advogados da empresa vai conseguir vencer numa próxima instância, mas é interessante sabermos como evitar sermos surpreendidos com uma compra inesperada na App Store. Podemos evitar as compras in-app através das configurações do dispositivo (iPad ou iPhone). Veja como:

Como bloquear compras in-app (compras em aplicativos)

- Acesse AJUSTES, e depois toque em GERAL;
- Procure a opção RESTRIÇÕES, e ative-a. Você terá que criar uma senha para acessar as restrições a partir de agora;
- Em Conteúdo Permitido, procure a opção COMPRAS EM APLIC. e desative a opção. Pronto, agora não será mais possível fazer compras dentro de aplicativos no seu iPad, a menos que você acesse as restrições e ative as compras.
PS.: O menu RESTRIÇÕES é também útil para que você consiga encontrar seu iPad em caso de perda/roubo. É só ativar a opção LOCALIZAÇÃO e fazer um cadastro no website do iCloud.
Esta postagem foi útil a você? Já aconteceu a você de comprar algo sem querer na App Store? Deixe um recado!