terça-feira, 27 de março de 2012

Entrevista com um médico que desenvolveu aplicativos muito úteis na sua área, e de graça – continuação

Ontem nós apresentamos a primeira parte da entrevista com Bruno Gobatto, o desenvolvedor de três aplicativos para iOS e segundo brasileiro a publicar um ibook, primeiro na área médica. Hoje apresentamos a segunda parte da entrevista, falando especificamente das dificuldades da publicação do ibook. Acompanhe.
iBookAuthor e Livros Multimedia
Depois de desenvolver 3 aplicativos para iPhone/iPad, decidi tentar a nova ferramenta anunciada pela Apple. Como é de costume, a Apple me obrigou a atualizar o meu OS para o Lion e baixar a iBooksAuthor.
O aplicativo é muito SIMPLES e intuitivo. Você escreve o texto, adiciona as imagens e o aplicativo justifica o texto ao redor das imagens. Basta arrastar um video para dentro e pronto !! Se você tiver o texto e as imagens prontas, em menos de 2 dias de trabalho você consegue deixar o livro multimedia uma maravilha !! Muito fácil. Vejam as imagens abaixo:
Screen Shot 2012-03-24 at 17.06.57
Screen Shot 2012-03-24 at 17.07.11
Screen Shot 2012-03-24 at 17.07.58
Screen Shot 2012-03-24 at 17.08.15
Agora, as facilidades param aqui....
Para você colocar um livro online na iTunes você precisa de uma conta de desenvolvedor. A conta desenvolvedor custa 99 dolares por ano e é preciso mandar alguns documentos para a Apple, inclusive via fax !
(Como já tinha uma conta para os aplicativos antes de escrever o livros, não posso dar certeza de que é necessário o pagamento anual para a Apple apenas para livros).
Para enviar o livro, você precisa de uma ferramenta chamada Itunes Producer. Gratuita. Levou cerca de 1 semana para conseguir enviar o livro para a iTunes. Tá cheio de bugs.
Se alguém pensa em VENDER os livros, pode esquecer !! Além de ter um ISBN (registro internacional de livros que custa U$100-200) você precisa preencher vários critérios da Receita Federal Americana. Quase impossível ! No forum da própria apple existe várias reclamações de autores do mundo todo (Alemanha, Inglaterra, França) que não conseguiram fazê-lo.
Várias editoras brazucas estão investindo em aplicativos gratuitos para iPad para poder vender seu conteúdo, pois via iBooks não dá!
OPINIÃO
Com a inexistência dos livros multimedia na iTunes brasileira, confesso que a novidade dos iBooks da apple não será algo muito explorado pelo mercado brasileiro.
Tudo que a Apple faz para simplificar a vida do usuário final, faz para complicar o desenvolvedor.